Caderno de Uaba

Drive-trhu e atendimento em fast-food

Posted on: julho 3, 2008

Tá certo que o nome é “fast”, que quer dizer rápido, mais “food”, que é comida, ou seja, refeição-rápida (se eu trocasse refeição por comida, soaria pejorativo heh). Tudo bem, até aí ok. O graaaaande problema é que os funcionários entenderam outra coisa: “comida feita às pressas”. A batata-frita vem fria, o sanduíche vem amassado, o queijo sai por todos os lados, cadê-o-bacon-que-estaria-aqui?, o refrigerante vem cheio de gelo, eu não pedi picles, e por aí vai. E isso acontece principalmente quando você está no drive-trhu, eles abusam da sua boa vontade, fome e paciência e ainda se aproveitam que você só vai comer quando chegar em casa e não tão nem aí se você tem alergia a, sei lá, cebola! O mais comum é tacarem verdura no sanduíche, errarem o refrigerante ou colocarem a batata de ontem.

Fico com muita raiva enquanto espero 20 minutos para o meu pedido ficar pronto. Enquanto espero, comento que vou reclamar com o gerente, pedir um monte de guardanapo pra me vingar, etc. Mas, quando vejo meu sanduíche, a batata-frita e a coca-cola na minha frente… esqueço. Já está aqui mesmo, pra quê reclamar, se alguém fosse punido por isso, mas todo mundo sabe que ninguém é punido porque atrasou o sanduíche por 20 minutos. Isso é considerado normal na “cartilha dos atendentes de fast-food”.

É, sou um mau exemplo para a classe dos consumidores revoltados, mas, fazer o que?! Vou continuar a favor do sistema. Se eu for contra ele, provavelmente estaria com um blog sobre os ideais revolúcionários-anarquistas anti-capitalismo, distribuiria panfletos sem sentido pela rua, vestiria camisa de Che com calça de flanela e sandália de couro e ficaria eternamente tentando montar um D.A. do meu curso na faculdade para desviar verbas das carteiras de estudante. Não, definitivamente não quero isso. É bem melhor ficar gastando dinheiro em fast-food, comendo coisa ruim, acabando com minha saúde, mas vou viver feliz com minha coca-cola na barriga. Tenho meus ideais, ora.

Alguém já fez a experiência da batata da Mc Donald’s que tem nos extras do dvd do “Super Size Me”? Vou colocar o vídeo aí pra quem quiser ver! Eu fiz o teste só com a batata, durou duas semanas até jogarem fora, mas ela parecia que tinha sido comprada ontem.

Anúncios

1 Response to "Drive-trhu e atendimento em fast-food"

aqui em goiânia, alguns drive thru são extremamente rápidos e eficientes, principalmente os mais fora da cidade, agora no mcdonalds “principal” daqui, desastre.

mas sério mesmo, ñ compensa comer esses trem, nem é gostoso assim e aos 40 te faz ter umas veias entupidas… e isso é ruim, olha só qts anos de coca-cola vc perdeu! e coca-cola nem faz mal assim, o pior dela é pro estômago mesmo, mas ah, to nem aí pra ele… heeheh

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

A dona

Uaba, 21 anos, Recife. Faço Arquitetura e Urbanismo, mas era absurdamente melhor quando cursava Letras. Ansiosa, perfeccionista e sonhadora. Consumista, que só gosta de ganhar presentes. Sempre procrastinando. Humor super oscilante. ♥ English ♥ an adorable green-eyed white rabbit ♥ Travis

Este mês…

julho 2008
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Meu Flickr

Posts antigos

Stats

  • 66,261 visitas
%d blogueiros gostam disto: